Representantes da região metropolitana se reúnem com a Secretaria Estadual de Recursos Hídricos.

Representantes da região metropolitana se reúnem com a Secretaria Estadual de Recursos Hídricos.

Uma das propostas é criar comitê de acompanhamento da crise hídrica.

Na quarta-feira (28), cerca de chefes dos Poder Executivo das cidades da região metropolitana de São Paulo, incluindo Caieiras se reuniram com a Secretaria Estadual de Recursos Hídricos.

Durante a reunião, os prefeitos pediram a criação de um comitê de acompanhamento da crise hídrica, um plano de contingência e um plano de comunicação mais efetivo, que consiga conscientizar 100% da população sobre a gravidade da situação.

O plano de contingência visa prever as medidas a serem adotadas levando em conta a quantidade de chuvas que atingirem os reservatórios.

2015020213

A Secretaria do Meio Ambiente de Caieiras apresentou um estudo como resposta à crise hídrica. Pelo sistema de outorga atual, a água do reservatório Paiva Castro, localizado em Mairiporã, Franco da Rocha e Caieiras, viaja por mais de 35 quilômetros de adutoras, passando por estações elevatórias e de tratamento bem como grandes reservatórios, até retornar para Caieiras e abastecer também as cidades vizinhas de Franco da Rocha e Francisco Morato. Neste percurso são despendidos milhões de reais por ano com energia elétrica e perdidos milhares de litros de água em vazamentos da rede de abastecimento.

Com uma alteração em tal outorga e a utilização de uma estação de tratamento existente em Franco da Rocha, esse trajeto seria reduzido para aproximadamente 8 quilômetros, o que também significaria a diminuição nos gastos com energia e prevenção de perdas.

Fotos: AIPMC

Fonte: AIPMC

Próximo Post:
Post Anterior:
Este artigo foi publicado por
Website: O Caieirense

Site de informação e conteúdo regional da cidade de Caieiras/SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *